Blog

O que é DPOC e por que ela afeta milhões de brasileiros

o que é DPOC

Considerada a quarta maior causa de morte entre homens acima dos 40 anos nos Estados Unidos, a DPOC – ou Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica como também é conhecida – faz referência a um grupo de sintomas relacionados ao aparelho respiratório, geralmente causados pelo tabagismo. Esta doença gera dificuldade para entrada ou saída de ar e podem desencadear, ainda, uma série de outros problemas.

Para que você tenha uma ideia da seriedade do assunto, nos últimos 30-40 anos, a mortalidade aumentou e variou de 3 a 111 fatalidades por 100 mil habitantes – atingindo em sua maioria pessoas fumantes.

Portanto, neste artigo mostraremos o que é DPOC e as principais informações que você precisa saber sobre a doença que afeta milhões de brasileiros todos os anos.

Acompanhe a leitura do conteúdo para conferir!

O que é DPOC?

A DPOC, na verdade, refere-se a um conjunto de alterações pulmonares que afeta cerca de 5 milhões de pessoas só no Brasil. Por ser uma doença lenta e discreta, costuma levar certo tempo até que seja identificada.

Muitos pacientes notam uma leve falta de ar associada a esforços físicos cotidianos, como andar depressa, subir escadas ou praticar atividades esportivas. Contudo, com o decorrer do tempo, a falta de ar tende a se intensificar e surgir após esforços cada vezes menores.

Nas etapas mais avançadas, a falta de ar se apresenta até mesmo quando a pessoa está em repouso e pode se agravar ainda mais diante das atividades corriqueiras.

Quais são as características mais marcantes da DPOC?

A doença é crônica e está fortemente ligada ao tabagismo e, sem o tratamento adequado, pode se agravar – comprometendo bastante a qualidade de vida do paciente. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), até 2020 a DPOC será a terceira principal causa de morte no mundo.

Infelizmente, é comum que as pessoas associem a DPOC a idosos e, portanto, não se preocupem com ela. Todavia, a doença não somente atinge pessoas com mais de 40 anos, como também tem sido cada vez mais identificada em pacientes jovens.

Quais são as principais manifestações da DPOC?

As pessoas afetadas pela DPOC têm grave falta de ar, ao praticarem a maioria das atividades diárias e costumam ser internadas no hospital com muita frequência. Entre as principais características que a DPOC se manifesta, podemos citar:

  • Enfisema pulmonar: envolve a destruição dos pulmões com o decorrer do tempo, com achado de bolhas nos exames de imagem
  • Bronquite crônica: patologia que causa tosse crônica com muco e infecções de repetição

Quais são as causas da DPOC?

A DPOC faz os pulmões perderem a elasticidade natural dos brônquios e sacos aéreos com o passar do tempo, fazendo um pouco de ar permanecer preso ao respirar.

Entre os principais fatores que causam a doença, podemos citar:

  • Tabagismo;
  • Exposição a gases;
  • Idade – por se desenvolver ao longo dos anos, é comum que pessoas após os 40 anos comecem a manifestar os sintomas mais graves da doença;
  • Deficiência de alfa-1- antitripsina (ATT): aproximadamente 1% das pessoas com DPOC sofre com uma perturbação genética que gera baixos níveis da proteína AAT.

Como tratar a DPOC?

É importante destacar que, apesar de não haver cura para a DPOC, um diagnóstico da doença não é motivo para pânico. Existem tratamentos adequados para todos os seus estágios, capazes de reduzir os riscos de complicações, controlar os sintomas e melhorar a capacidade de levar uma vida ativa.

Além de ser necessário parar de fumar imediatamente, se for o caso, o paciente pode precisar de medicamentos broncodilatadores e corticosteróides (geralmente em inaladores) entre outros remédios específicos.

Gostou do nosso artigo sobre o que é a Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, como ela se manifesta e de que forma pode ser tratada? Quer continuar recebendo dicas sobre saúde e bem-estar? Então, não deixe de acompanhar as postagens do blog para se manter por dentro. Até logo!

Clínica CDRA

Autor Clínica CDRA

Mais posts por Clínica CDRA